Enem Seriado: entenda a mudança no exame que será uma nova oportunidade de ingresso no Ensino Superior

O Ministério da Educação (MEC) já anunciou, por meio de uma portaria, que começará a aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seriado este ano. Os alunos e as alunas do Ensino Médio farão uma prova ao fim de cada ano do ciclo. O que valerá para entrar no Ensino Superior é a média dessas três notas. Essa mudança faz parte do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Aqui a gente explica tudo para você.

Seu aluno ou sua aluna está se preparando para entrar no Ensino Médio? Então, você precisa estar por dentro das novas regras do chamado “Enem Seriado”. No dia 11 de janeiro de 2021, o Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União uma portaria anunciando que começará a aplicar essa nova forma de seleção para o Ensino Superior  neste ano. 

O exame foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e essa mudança faz parte do novo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Segundo a diretora pedagógica da Geekie, Camila Karino, o formato seriado do Enem será uma nova forma de ingresso no Ensino Superior e deve trazer mais consciência aos(às) estudantes sobre a preparação necessária para esta etapa do ensino. 

Para se adequar à nova proposta do Enem, a Geekie atualizará suas avaliações, como o Geekie Teste, assim que a matriz do exame for definida. O objetivo é oferecer uma visão personalizada do desempenho de estudantes nas simulações do Enem feitas ao longo do Ensino Médio para que docentes, coordenação e gestão tenham dados e evidências sobre como cada estudante se desenvolve durante os últimos anos da Educação Básica.

Enem Seriado: três avaliações e uma nova oportunidade de acesso ao Ensino Superior

O Enem Seriado é um modelo de avaliação no qual os alunos e as alunas do Ensino Médio são avaliados(as) ao fim de cada ano escolar. Como o próprio nome sugere, foi chamado de “seriado” porque será aplicado em séries, ou seja, em etapas.  A nota final será uma média de desempenho nas três provas dos três anos do ciclo e valerá para ingressar no Ensino Superior.

“O Enem Seriado representa uma nova oportunidade de acesso à universidade. Uma avaliação seriada, alinhada com as diretrizes propostas pela Reforma do Ensino Médio, tende a impulsionar transformações da educação brasileira ao exigir mudanças nas escolas. Os benefícios para o(a)s estudantes são: um aprendizado mais contextualizado, maior autonomia, maior conexão com a realidade, dando mais sentido ao aprendizado, além de vagas reservadas para os(as) estudantes concluintes da educação básica”, afirma Camila Karino, diretora pedagógica da Geekie.

e-book-Novo-Ensino-Médio

Quando começará o Enem Seriado?

O Enem Seriado deve começar em 2021, com os(as) estudantes do primeiro ano do Ensino Médio. Estudantes farão a primeira prova no final deste ano e, em 2022, esses(as) mesmos(as) alunos(as) farão uma prova com conteúdo do segundo ano do Ensino Médio. Já em 2023, quando estiverem no terceiro ano e concluírem a terceira prova, terão acesso a uma média de desempenho nas três avaliações. Esta nota é a que valerá para o ingresso em instituições de Ensino Superior. Ainda não foi definido se haverá pesos diferentes para cada uma dessas provas e se o(a) estudante que não realizar algum dos exames em determinado ano terá a média calculada.

Os conteúdos avaliados em 2021

O Conselho de Secretários de Educação (Consed) definiu que, neste ano, serão avaliados conceitos de português e matemática. A previsão é a de que outras disciplinas da parte comum, bem como habilidades previstas para  os itinerários formativos do Novo Ensino Médio, sejam avaliadas ao final do terceiro ano do Médio, em 2023.

Enem Seriado vale para Prouni e Fies

A pontuação do Enem Seriado também poderá ser utilizada em diferentes processos seletivos, incluindo o Prouni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). A expectativa é que a nota do Enem Seriado também seja usada no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que oferece vagas em instituições de Ensino Superior públicas de todo o país. Mas isso dependerá da adesão das universidades, que têm autonomia para ofertar vagas pelo Sisu.

Qual é a diferença entre o Enem Seriado e o Enem tradicional?

O Enem tradicional avalia o conteúdo de todo o Ensino Médio em dois dias de provas. Já o Enem Seriado avaliará o conteúdo de cada ano do Médio assim que os(as) estudantes finalizarem cada uma das três etapas. Os(as) alunos(as) poderão fazer os dois exames, que serão em datas diferentes, ou seja, poderão concorrer a uma vaga por meio dos dois processos seletivos. Haverá um percentual de vagas reservado para o Enem tradicional e um percentual para o Enem Seriado.

O Enem Seriado é o novo Saeb ou Saeb Seriado?

O Enem Seriado faz parte do novo Saeb. Até 2020, essa prova era aplicada a cada dois anos, com conteúdos de português e matemática. Já neste ano, as provas do Ensino Fundamental terão as quatro áreas de conhecimento: matemática, linguagens, ciências da natureza e ciências humanas. E também passará a ser anual. 

Mas fica uma dúvida se Enem Seriado e Novo Saeb são duas avaliações distintas: “Não ficou claro para as escolas que o Enem Seriado é uma proposta de uso dos resultados  do Novo Saeb. O Saeb era só aplicado nos 2º, 5º e 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª série do Médio. A proposta é que o Saeb amplie sua cobertura (censitária e englobando todos os anos da educação básica) e periodicidade (anual). Denominou-se especificamente de Enem Seriado o uso das notas do novo Saeb para ingresso nas instituições de educação superior. Agora, a avaliação ganhou uma nova função importante, que é o de viabilizar o acesso ao Ensino Superior”, explica Camila.

Como será implementado o novo Saeb?

Neste ano, o Saeb será aplicado no 2º ano, 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental e nas 1ª e 3ª séries do Ensino Médio. A cada ano, novas séries/anos serão incorporados na avaliação até que haja cobertura total da educação básica.

Leia também:

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Bitnami